PUBLICIDADE
22 fev 2021, 13h51

Rádio é considerado confiável entre usuários de outras mídias mostra pesquisa

Levantamento aponta que o meio ganhou a confiança das pessoas durante a pandemia

Pesquisa realizada pela MRI-Simmons mostrou que usuários de outras mídias consideram o rádio o meio de comunicação mais confiável. O levantamento analisou os dados mais recentes do Estudo de Insights do Consumidor MRI-Simmons que aponto que 67% dos adultos confiam ou confiam muito nas informações veiculadas pelo rádio durante o período da pandemia, considerando o mercado norte-americano. O resultado repercutiu em portais como o Inside Radio.

De acordo com a análise que foi divulgada nesta primeira semana de fevereiro, as emissoras de rádio foram forçadas a reinventar a forma como criam a programação, se envolvem com o público e mantêm o entretenimento, o companheirismo e as informações críticas fluindo para suas comunidades locais. Essas mudanças, segundo o relatório, fizeram com que o rádio ganhasse a confiança das pessoas.

O rádio foi apontado como confiável ou muito confiável por 67% dos adultos. O meio superou os jornais (66%) e ultrapassa a TV aberta (62%) e a TV a cabo (61%) em confiabilidade. Além disso, o relatório também mostrou que o rádio supera a internet por computador (57%) e internet móvel (51%).

 

“Heavy users” de outras mídias também confiam mais no rádio

O rádio também é destaque entre os considerados “super fãs” e “super usuários” (chamados de heavy users) de outras mídias. “Independentemente de quanta mídia adicional as pessoas consumam, o rádio sempre mantém a confiança do consumidor”, diz a Katz Radio Group na última edição de seu artigo “Sound Answers”.

Usuários mais intensos de TV, internet e mídia social consideram o rádio mais confiável do que a respectiva mídia que consomem. Por exemplo, 68% dos usuários intensivos da Internet consideram o rádio muito confiável/confiável, em comparação com 61% para a Internet no computador e 56% para a Internet móvel entre esses mesmos usuários intensivos da Internet. Mais espectadores de TV confiam no rádio (69%) do que na TV aberta (64%) e na TV a cabo (63%).

Em relação à mídia social, quase duas vezes mais usuários (67%) confiam no rádio do que na mídia social (37%). Entre os grandes leitores de jornais, 67% confiam no rádio – a mesma porcentagem de leitores pesados de jornais que confiam nos jornais. O rádio também é considerado mais confiável do que as revistas pelos grandes leitores de revistas por uma margem de dois dígitos.

O relatório da Katz Radio Group ressalta ainda que “à medida em que as marcas prestam mais atenção à segurança e à confiança de várias plataformas de mídia quando colocam seus dólares em publicidade elas devem ouvir os usuários de todas as mídias e o rádio é o mais confiável”.